terça-feira, 24 de novembro de 2009

"Sou negra"

Negros olhos...
Negros cabelos...
Pele negra...

Vinda de África
De ancestrais guerreiros...
Trazidos em navios negreiros
Carrego no coração as marcas do cativeiro...

Protegida pelos orixás
Entidades de força e coragem
Oxum, Yansã e Yemanjá...
Sou chuva, sou vento, tempestade...

Forjada pra seguir na luta...
Guerreira!
Não fujo da batalha...

Minha cor não nega...
Sou negra!


Ornella M. Rodrigues
23-11-09

terça-feira, 17 de novembro de 2009

“Águas de sentimento”

Chegaste como chuva
Nascente do meu ser...
E o sertão de mim, que era calmaria,
Num instante virou enchente...
Sorvo em abundância
Goles de tua fonte...
Transbordando dentro de mim
O deserto que só suas águas preenche...

18-09-2009

Sobre os vários nãos Não é que uma hora cansa Não, não é isso Todos os dias são cansativos E chega um dia Que o peso se torna insuportável N...