sexta-feira, 7 de agosto de 2015

menina dos olhos
é água
deslizo
fundo dos olhos
marejando
profundando
afogando
é água
correnteza em sentidos
sem destino
deságua

terça-feira, 4 de agosto de 2015


Não sei
Se é falta
De chão
Sua ausência
Se é a lua
Em escorpião
Só sei
Que cada
Segundo
Minuto
Me sufoca
E eu preciso
Estar
Nua


Sobre os vários nãos Não é que uma hora cansa Não, não é isso Todos os dias são cansativos E chega um dia Que o peso se torna insuportável N...