segunda-feira, 19 de junho de 2017



Daqui a pouco
A lua em touro
E eu já farejo
Seu cheiro
De cravo e canela
Já degusto
O sabor
Da sua boca
Já sinto
Suas mãos
Em meu corpo
Transpiro
Inspiro
Profundamente
Mas a sede
É pelo vinho
Seco
Que saí do seu
Sexo
Meu coração acelera
Dói
Como estômago vazio
Não tem jeito
Pois tenho fome
E você é
Meu prato
Principal


(Ao som do blues ou do jazz
Ou só minha voz mesmo)

#luaemtouro
#vênusemtouro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre os vários nãos Não é que uma hora cansa Não, não é isso Todos os dias são cansativos E chega um dia Que o peso se torna insuportável N...